A CONVERSÃO DE SAULO

Atualizado: 20 de ago. de 2021

INTRODUÇÃO

A maior parte das cartas do novo testamento foram escritas por Paulo. Por meio delas ele instruiu as igrejas a como procederem em situações específicas e diante de ocorrências da época. As recomendações são RIQUÍSSIMAS em valores espirituais tanto para a igreja primitiva, e em todos os séculos seguintes, quanto para a igreja de hoje.


Foi ele quem expandiu o Evangelho com maior velocidade e ousadia, de Antioquia até Roma. Não sozinho, é claro, mas certamente Paulo se destaca. Ele foi o responsável pela expansão e fundamentação da Igreja. Acredita-se que em 25 anos o evangelho foi pregado em todo o império romano e muito disso graças a ele.


A probabilidade de "Saulo" tornar-se um Apóstolo era mínima. Um homem violento, perseguidor de cristãos e fanático quanto ao cumprimento da torá. Porém algo acontece que o transforma sobrenaturalmente e revela a ele um novo nome e uma nova missão: ganhar vidas para Cristo.


Neste estudo vamos compreender a origem de Saulo, como foi o seu processo de conversão, quais as etapas que teve que passar, a sua trajetória de fé e o seu legado. São anotações dos meus estudos pessoais que eu estou compartilhando com você.


Vamos dividir o Estudo em:


  • A ORIGEM DE PAULO ✔

  • A CONVERSÃO DE PAULO ✔

  • REAPRENDENDO A SERVIR A DEUS

  • O ENVIO

  • AS TRIBULAÇÕES

  • RECOMENDAÇÕES

  • A VIAGEM DE PAULO A ROMA E SEU MARTÍRIO

Sabemos que houve um delay de 3 anos na contagem de antes e depois de Cristo. Saulo se converte entre os anos 33 d.C e 36 d.C durante os governos de Pôncio Pilatos e o Imperador Tibério em Roma. Não sabemos ao certo em que ano exatamente ele se converte. Veja a linha do tempo.


Imagem: LInha do tempo "A História de Saulo"

Antes de entrarmos neste assunto é importante falarmos de algo. O Cristianismo ACREDITA NA TRANSFORMAÇÃO. Quando olhamos na esfera social e política, observamos que as pessoas não acreditam na transformação. Alguém que cometeu um erro grave, na sociedade atual, está fadado a viver uma vida de derrotas, destruição e condenação, mesmo após pagar pelos seus erros perante a justiça se for o caso. O CRISTÃO CRÊ NA TRANSFORMAÇÃO. 


Dos anos 33 à 47d.C não há muita referência de Paulo. Esses anos certamente foram um período de aprendizado. Neste mesmo período o evangelho se expande mas a passos lentos e com timidez voltando a crescer com expressão no ano 47d.C com a primeira viagem missionária de Barnabé e Paulo e em seguida com Silas espalhando o evangelho na Ásia e na Europa. 


E COMO ACONTECE ESTA CONVERSÃO? 


Leia aqui os textos abaixo nesta ordem. Coloquei numa sequência organizada. Atos 9 fala sobre a conversão de Paulo e em Atos 22 e 26 ele descreve num depoimento com mais detalhes de como aconteceu. Sequenciamos os textos por ordem de acontecimento para facilitar o entendimento. 


Atos 22:6 Ora, aconteceu que, indo de caminho e já perto de Damasco, quase ao meio-dia, repentinamente, grande luz do céu brilhou ao redor de mim.


26:14 E, caindo todos nós por terra, ouvi uma voz que me falava em língua hebraica: Saulo, Saulo, por que me persegues? Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões.


22:8 Perguntei: quem és tu, Senhor? Ao que me respondeu: Eu sou Jesus, o Nazareno, a quem tu persegues.


26:16 Mas levanta-te e firma-te sobre teus pés, porque por isto te apareci, para te constituir ministro e testemunha, tanto das coisas em que me viste como daquelas pelas quais te aparecerei ainda, 17 livrando-te do povo e dos gentios, para os quais eu te envio, 18 para lhes abrires os olhos e os converteres das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus, a fim de que recebam eles remissão de pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim.


22: 9 Os que estavam comigo viram a luz, sem, contudo, perceberem o sentido da voz de quem falava comigo. 10 Então, perguntei: que farei, Senhor? E o Senhor me disse: Levanta-te, entra em Damasco, pois ali te dirão acerca de tudo o que te é ordenado fazer. 11 Tendo ficado cego por causa do fulgor daquela luz, guiado pela mão dos que estavam comigo, cheguei a Damasco.


9:8 Então, se levantou Saulo da terra e, abrindo os olhos, nada podia ver. E, guiando-o pela mão, levaram-no para Damasco. 9 Esteve três dias sem ver, durante os quais nada comeu, nem bebeu.

Note que todas as pessoas que estavam presentes viram e ouviram o que aconteceu, porém ninguém compreendia do que se trava se não Paulo. Ele era um homem extremamente racional. A manifestação de JESUS foi impactante justamente para que Paulo pudesse ser transformado. 


A obra que precisava ser feita não era fácil. O evangelho precisaria de um aliado DURÃO, inteligente e com as credenciais que Paulo tinha. era necessário que fosse alguém:


- que pudesse ser transformado;

- que não tivesse medo;

- que fosse habilidoso com leis e com a palavra;

- que tivesse um chamado ousado.


Outro fato intrigante é que Jesus fala com PAULO em LÍNGUA HEBRAICA. Qual o objetivo? Jesus fala conosco da maneira que mais mexe com a gente e da maneira que nós compreendemos. Paulo se identifica tanto com isso que responde: 

- Quem és tu Senhor? - Ele sabia que não era algo normal, sabia que era Deus. 


Jesus responde para Paulo: 

- Saulo, Saulo, por que me persegues? Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões.


O aguilhão é uma ferramenta utilizada quando o boi ara a terra. Se o boi se recusa a ará-la ou retrocede esta ferramenta espeta e machuca o animal. O animal quando ara, se ele voltar, se ele se rebelar, pode se ferir com os aguilhões. Jesus fala isso se referindo a OBRA e ao chamado. Parafraseando seria assim: 


- Paulo quando você resiste ao que tenho para ti, você se fere, se machuca. Você não vai aguentar viver uma vida assim. 


[...] "O Senhor começou a ferroar a sua consciência, ao mostrar aqueles discípulos presos, torturados e mortos morriam com serenidade. O algoz estava furioso, mas as vítimas morriam cantando e orando.[...] Quem resiste contra os aguilhões é um TOURO BRAVO. Os aguilhões serviam para amansar o touro bravo. Paulo era um touro bravo que resistiu aos aguilhões". Hernandes Dias Lopes

Isso acontece quando Estevão é apedrejado e ele assiste a tudo mas se recusava a ceder, mesmo diante desses aguilhões. Você acredita que alguém no estado de Paulo, "respirando ameaças e morte" se sentia realmente feliz? Satisfeito? Em paz?

Quando Paulo vê aquela luz cai, e num momento o boi bravo, estava no chão, subjugado, manso, domado. Um força maior do que o ódio entrou em Paulo. Uma luz maior do que o zelo religioso que ele tinha. e o Perseguido (JESUS) conquista o coração dele. Paulo não se converteu; ele foi convertido. Ele compreende o que aconteceu com ele e escreve sobre isso:


O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. 1Coríntios 15:56


Paulo era um touro bravo que resistiu aos aguilhões. (Lopes, Hernandes Dias. p28, 2009) .

Paulo foi resgatado do aguilhão da morte pelo amor de Cristo. Neste processo de conversão 3 coisas acontecem:


PAULO VÊ UMA LUZ MUITO FORTE


Subitamente, uma grande LUZ brilha ao seu redor. Aquilo não foi uma miragem, foi uma experiência espiritual tão forte, uma luz tão forte que tirou-lhe a visão física e abriu os olhos da alma. Abrir os olhos da alma é quando Deus através do seu santo espírito nos faz enxergar o que estava escondido ou encoberto por justificativas, desculpas, traumas no nosso interior. Jesus veio trazer a luz literalmente para que uma grande cura acontecesse na vida de Paulo.

Imagem: A Conversão de Saulo

Isso acontece também com todos nós que um dia entregamos a vida para Jesus. Talvez a experiência de Paulo tenha sido bem chamativa e a sua um pouco mais discreta (ou não). Paulo teve uma experiência súbita pela relevância que ele teria para o evangelho, pela dureza que ele tinha em seu coração, talvez se não fosse assim não aconteceria, mas o processo de conversão dele não começou naquele dia, ele já estava resistindo a algum tempo. Aquele foi o dia escolhido por Deus para convencer e converter Paulo de uma vez por todas. Independente de como foi a experiência de Paulo e a sua, a mesma luz que agiu na vida dele precisa agir na nossa vida trazendo a luz tudo o que estava escondido para que Ele possa nos curar. Se isso ainda não aconteceu com você, busque viver esta experiência, busque esta transformação. A sua vida vai mudar. Não é possível viver uma transformação sem uma poderosa experiência espiritual. Não é possível viver uma nova vida sem uma grande transformação. DEUS DESEJA TE DAR ESTA EXPERIÊNCIA PODEROSA.

CAIU POR TERRA

O Touro furioso, selvagem e indomável estava subjugado. Aquele que prendia estava preso. Aquele que encerrava na prisão estava dominado pelo poder de DEUS. Vamos compreender um pouco melhor o que estava acontecendo? Paulo estava passando por um período de reconstrução e transformação.


O nome de nascimento de Paulo era Saulo. Saulo vem de Saul que quer dizer "grande". Jesus muda o nome de Saulo para Paulo que quer dizer pequeno. Esta mudança de nome tem um grande significado espiritual.


Para viver a vontade de Deus nós precisamos passar por um processo de transformação. Este processo trata-se de deixar para trás velhos costumes, manias, vícios e muitas outras coisas. Definitivamente a vontade de Deus não cabe em uma vida como a que Paulo tinha. Da mesma forma acontece com a gente. Aos poucos Deus vai fazendo uma obra de transformação. Agora para transformar é necessário reconhecer os nossos erros, defeitos, nos arrepender de nossos pecados, confessar e ir até Jesus. Jesus nos ensina em Mateus 11. Você está cansado da maneira como a sua vida está, sente-se sobrecarregado? Vá até Jesus e confesse, jogue o peso sobre ele e receba alívio para a sua alma. Aqui é onde as pessoas param. Acreditam que servir Jesus é só acreditar em Deus e querem que Deus aceite a sua vida como ela está. Deus te recebe como você, mas para cumprir os planos dele em sua vida você terá que passar pela transformação. Por isso a reconstrução é necessária. Para reconstruir é necessário muitas vezes demolir os cacos, as ruinas e começar algo do zero.


A palavra HOMEM vem da palavra Húmus do Latim que quer dizer TERRA. É a mesma origem da palavra humilde e também humilhação. Paulo foi parar no pó da terra. Deixou de ser grande para ser igual a todos. Deus criou o homem do pó. O profeta Jeremias nos ensina que nós somos o barro nas mãos do oleiro. O barro é o pó, é a terra. Humilde é aquele que sabe reconhecer que precisa ser transformado por Jesus e se apresenta como um barro na mão do oleiro. Ser humilde é o melhor caminho para viver a transformação. Não é fácil reconhecer os erros, aliás, geralmente nós nos protegemos e nos defendemos o tempo todo. Mas diante de Deus? Quem pode esconder algo de Deus? Seja humilde, apresente-se como pó na mão do oleiro e ele vai te transformar.


Palavra do Senhor que veio a Jeremias, dizendo: 2Dispõe-te, e desce à casa do oleiro, e lá ouvirás as minhas palavras. 3Desci à casa do oleiro, e eis que ele estava entregue à sua obra sobre as rodas. 4Como o vaso que o oleiro fazia de barro se lhe estragou na mão, tornou a fazer dele outro vaso, segundo bem lhe pareceu. 5Então, veio a mim a palavra do Senhor: 6Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? — diz o Senhor; eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel. Jeremias 18: 1 - 6

Quando não somos humildes para reconhecer que precisamos ser transformados o processo de transformação pode ser um pouco mais doloroso. É quando vem a humilhação. Engana-se quem acha que Deus nos humilha. Não! A vida se encarregará disso. A vida deve ser levada como Deus ensina na sua palavra. Quando não andamos desta maneira e deixamos que as contaminações, os prazeres, os vícios tomem conta, a própria vida conduzirá para a humilhação. O plano de Deus não se encaixa em uma vida de vícios. A humilhação aparece no nosso caminho para que possamos reconhecer que precisamos de Jesus. É possível ser transformado sem humilhação? Sim, é só ser humilde. Não espere o pior acontecer. Seja humilde. Não recalcitres contra os aguilhões.


Saulo se sentia muito grande para ser humilde e teve que ser humilhado. Jogado no pó como terra, como barro, para ser refeito pelas mãos do oleiro da desonra para a honra! Você pode em algum momento da sua vida ter sido uma vaso de desonra. Seja humilde para reconhecer que precisa ser curado e transformado e o oleiro te fará um vaso de honra. Paulo aprendeu bem esta lição e ensina isso aos seus discípulos reconhecendo que era o maior dos pecadores.


1 Timóteo 11:5Fiel é a palavra e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.


Saindo um pouco do contexto bíblico e indo para uma esfera mais pessoal e emocional. Você agora consegue imaginar a destruição interior, a amargura, o ódio que havia no coração dele. Certamente ele conheceria a morte cedo, aliás quem respira a morte certamente a conhecerá. Enquanto resistimos ao chamado estamos recalcitrando contra aguilhões, estamos dando a oportunidade para a vida, as pessoas, o mundo nos ferir, enquanto Deus deseja nos transformar e nos fazer viver o que nunca imaginamos.


Saulo fica 3 dias sem ver. Seus olhos maus, pecaminosos são completamente ofuscados pela luz divina e santa da Glória de Deus. Por 3 dias Saulo tem um contato com as trevas do seu interior. Três dias sem ver, 3 dias de cura, libertação e perdão. Jesus o manda continuar a viagem para Damasco e encontrar um homem de Deus chamado ANANIAS que o ajudaria a voltar a enxergar e compreender os propósitos de Deus para a vida dele. 


Atos 9: 10 Ora, havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. Disse-lhe o Senhor numa visão: Ananias! Ao que respondeu: Eis-me aqui, Senhor!


11 Então, o Senhor lhe ordenou: Dispõe-te, e vai à rua que se chama Direita, e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele está orando 12 e viu entrar um homem, chamado Ananias, e impor-lhe as mãos, para que recuperasse a vista.

 

 17 Então, Ananias foi e, entrando na casa, impôs sobre ele as mãos, dizendo: Saulo, irmão, o Senhor me enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas, para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo.


8 Imediatamente, lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e tornou a ver. A seguir, levantou-se e foi batizado.


Ananias precisa vencer o preconceito e o medo para cumprir também o que Deus determinada. Ele vai ao encontro de Saulo para o libertar da cegueira, batizá-lo e introduzi-lo ao chamado. 


AVANÇAR PARA A PRÓXIMA PARTE DESTE ESTUDO



Bibliografia:

Hernandes, Apóstolo Estevam. Bíblia Apóstólica. São Paulo, SP: SBB, 2014.

Escola de Profetas. Origem e Conversão de Paulo - O Apóstolo dos Gentios.

Lopes, Hernandes Dias. Paulo, o maior líder do cristianismo. São Paulo, SP: Hagnos, 2009.

989 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo