REAPRENDEDO A SERVIR A DEUS

Atualizado: 2 de set. de 2021

INTRODUÇÃO

A maior parte das cartas do novo testamento foram escritas por Paulo. Através das cartas ele instrui as igrejas de como proceder com situações e fatos da época. As recomendações são RIQUÍSSIMAS em valores espirituais para a igreja primitiva e em todos os séculos vindouros, inclusive para hoje.


Ele é a pessoa que vai expandir o Evangelho com maior velocidade e ousadia de Antioquia até Roma. Não sozinho é claro, mas certamente Paulo se destaca. Ele será o responsável pela expansão e fundamentação da Igreja. Acredita-se que em 25 anos o evangelho foi pregado em todo o império romano e muito disso graças a ele.


A probabilidade de "Saulo" ser uma Apóstolo era mínima. Um homem violento, perseguidor de cristãos e fanático quanto ao cumprimento da torá. Porém algo acontece que o transforma sobrenaturalmente e revela a ele um novo nome e uma nova missão, ganhar vidas para Cristo.


Neste estudo vamos compreender a origem de Saulo, como foi o seu processo de conversão, quais as etapas que ele teve que passar, a sua trajetória de fé e o seu legado. São anotações dos meus estudos pessoais que eu estou compartilhando com você.


Vamos dividir o Estudo em:


  • A ORIGEM DE PAULO ✔

  • A CONVERSÃO DE PAULO ✔

  • REAPRENDENDO A SERVIR A DEUS ✔

  • O ENVIO

  • AS TRIBULAÇÕES

  • RECOMENDAÇÕES

  • A VIAGEM DE PAULO A ROMA E SEU MARTÍRIO

A EXPERIÊNCIA COM O AMOR DE CRISTO

A trajetória de Paulo como apóstolo de Jesus é uma trajetória sofrida. Ele talvez tenha sido um dos que mais sofreu por amor a Cristo. Mas por que? Como alguém pode se submeter a tortura, frio, escassez, etc? Eu vou te explicar...


2 Coríntios 11:23 São ministros de Cristo? (Falo como fora de mim.) Eu ainda mais: em trabalhos, muito mais; muito mais em prisões; em açoites, sem medida; em perigos de morte, muitas vezes. 24 Cinco vezes recebi dos judeus uma quarentena de açoites menos um; 25 fui três vezes fustigado com varas; uma vez, apedrejado; em naufrágio, três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar; 26 em jornadas, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos entre patrícios, em perigos entre gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos; 27 em trabalhos e fadigas, em vigílias, muitas vezes; em fome e sede, em jejuns, muitas vezes; em frio e nudez. 28 Além das coisas exteriores, há o que pesa sobre mim diariamente, a preocupação com todas as igrejas

[...] Ele viveu a maior experiência que alguém poderia viver. Saulo era um perseguidor de Cristãos. Vai parecer contraditório mas você vai entender. Ele amava a Deus (que ele ainda não conhecia verdadeiramente), ele amava a Lei. Ele acreditava que matar Cristãos era uma maneira de provar da sua fidelidade a Deus. Uma das principais características da seita que ele praticava era não acreditar na manifestação de Deus fora do Judaísmo. Por vezes foi apoiado pelo Sinédrio para executar em prol da Lei. Foi o que aconteceu quando apedrejaram Estevão.


Imagem: Saul persecuting the church

Aos 7: 54 Ouvindo eles isto, enfureciam-se no seu coração e rilhavam os dentes contra ele. 55Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita, 56e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus. 57Eles, porém, clamando em alta voz, taparam os ouvidos e, unânimes, arremeteram contra ele. 58E, lançando-o fora da cidade, o apedrejaram. As testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo. 59E apedrejavam Estêvão, que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito! 60Então, ajoelhando-se, clamou em alta voz: Senhor, não lhes imputes este pecado! Com estas palavras, adormeceu.

Atos 8:1 E Saulo consentia na sua morte.


Atos 22:4Persegui este Caminho até à morte, prendendo e metendo em cárceres homens e mulheres, 5de que são testemunhas o sumo sacerdote e todos os anciãos.

Saulo era fascinado pela religião mas vazio de amor. Em nome de "Deus" (da Religião) ele segurava as roupas das pessoas que apedrejavam Estevão e consentia com sua morte. Mas aqui está um ponto fundamental na conversão dele. Saulo desejava fazer para Deus, matava em nome de Deus com a autorização de suas autoridades espirituais, mas o seu interior era vazio e frio. A bíblia relata que ele respirava ameaças e morte. Quando Saulo olhava para Estevão sendo apedrejado, ele via o Rosto de Estevão como que de um Anjo, brilhando glorificando a Jesus e ainda perdoou os seus executores, ao passo que o próprio Saulo era vazio, solitário e cheio de ódio. Na minha opinião aqui está o "aguilhão" que Jesus se referia.

A morte de Estevão mexeu com Saulo. Aquele rosto brilhando, aquela oração. Como pode alguém amar desta maneira? Saulo enxergou em Estevão o que não encontrava na Religião. Eu não tenho dúvidas que quando Saulo caiu do cavalo, e ficou cego, ouvindo Jesus o chamar pelo nome, achou que Jesus o mataria.

Saulo perseguia os cristãos para Matá-los, Cristo perseguiu Saulo para salvá-lo. (Lopes, Hernandes Dias, 2009)

Ali, no chão, cego, ouvindo aquela voz, encontra o amor que viu em Estevão. O amor manifestado no PERDÃO. O perdão é a maior experiência que alguém pode ter com o Amor. O amor não é demonstrado apenas por palavras. Quando você fala que ama mas o seu comportamento não condiz com suas palavras, este "amor" passa a ser questionável. Muita gente diz que ama mas trai, bate, mata. Saulo dizia que amava a Deus mas matava quem não concordava com a sua religião. O seu interior tinha tudo menos o amor.


Quem ama se entrega e demonstra isso com atitudes. Amor é entrega, é doação. Amar é se doar. Veja:


Romanos 8:32 Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?

João 3:16 Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


João 15: 13Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos.

Uma mãe e um pai amam tanto seus filhos, que numa necessidade, deixam de comer para alimentá-los. São capazes de entregar a sua própria vida para seus filhos vivam. As citações bíblicas acima fortalecem que acabei de dizer. Ama quem doa, quem entrega.


Olha só que interessante. No português a sigla "per" em algumas palavras foram adicionadas para indicar o excesso, uma alta quantidade de algo. Por exemplo:

Persistência: Per- Muita | Insistência

Perseverança: Per- Muita | Esperança

Perseguir: Per- Muito | Seguir, insistir muito em seguir algo.

PERDÃO: Per-Muito | Doa, muita doação.

O perdão nada mais é do que muito se doar. Quem muito ama muito doa, ou seja PERDOA.

Lucas 7: 47Por isso, te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.


Você consegue enxergar o amor de Jesus de forma diferente agora? Você consegue enxergar a experiência de Saulo diferente? A lei dizia olho por olho dente por dente (Êxodo 21:24 - Lv 24:20 - Dt 19:21). Saulo certamente achava que morreria quando vê a luz e ouve Jesus perguntando "por que me persegues". Ele sabia que não merecia perdão e naquele momento, cego e incapaz ele morreria. Só que não! Ele viveu a maior experiência que alguém pode viver com o amor. Ser perdoado.

Imagem: Saulo vê a luz de Cristo.

Sabe quem vive uma experiência com o perdão? Quem sabe que não merece o perdão. Por isso que eu falei anteriormente que a morte de Estevão mexeu com Saulo. Estevão estava tão cheio de amor que no final da sua vida ele perdoou os próprios carrascos. Por isso Saulo ficou tão impactado. Ele sabia que aquele perdão era imerecido. Era a manifestação da graça de Deus através de um homem cheio do amor de Jesus.


Quando alguém te pede perdão por algo pequeno você perdoa mas não tem uma experiência com o perdão. Talvez nem quem te pediu perdão por algo pequeno tenha vivido uma experiência com o perdão. Porque sabe que era algo simples, pequeno. Agora quando você é perdoado sem merecer. Isso mexe, corrige e nos faz se arrepender do que foi feito. Você sabe que as consequências do que fez poderiam te levar para o pior. Mas o perdão veio e te livrou do pior. Essa foi a experiência de Saulo. Ele esperava que fosse morto, mas foi salvo.


Por isso ele sofria por Cristo:


Atos 14: 22 fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus.

Por isso ele escreve com tanta propriedade sobre o amor. Leia 1 Coríntios 13 com este olhar que te apresentei. Paulo fala do ele viveu. Não adianta fazer muitas coisas sem amor. Era o que faltava no interior dele enquanto ele seguia a religião, foi o que ele viu em Estevão enquanto era apedrejado e o que ele recebeu de Jesus enquanto estava no chão, cego e incapaz.


1 Coríntios 13:1 Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. 2Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. 3E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.

4O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, 5não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; 6não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; 7tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; 9porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos. 10Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado. 11Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino. 12Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido. 13Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.

Agora Paulo precisava reaprender a servir a Deus. Isso se daria através do DISCIPULADO e a convivência com a comunidade apostólica.

TODO MUNDO PRECISA SER DISCIPULADO

Paulo tinha todas as competências para ser um grande Apóstolo. Mesmo assim, a sua conversão passa a ser preparado. Seria mergulhado no mover apostólico observando e acompanhando pessoas experientes no ministério. Antioquia será uma igreja importante para a formação do Apóstolo. Paulo tinha o conhecimento da palavra e agora ele precisava ADQUIRIR A VIVÊNCIA APOSTÓLICA com pessoas que haviam presenciado os milagres de JESUS, que andavam com os apóstolos que caminharam com JESUS.

ATOS 9 19 E, depois de ter-se alimentado, sentiu-se fortalecido. Então, permaneceu em Damasco alguns dias com os discípulos.

20E logo pregava, nas sinagogas, a Jesus, afirmando que este é o Filho de Deus. 21Ora, todos os que o ouviam estavam atônitos e diziam: Não é este o que exterminava em Jerusalém os que invocavam o nome de Jesus e para aqui veio precisamente com o fim de os levar amarrados aos principais sacerdotes? 22Saulo, porém, mais e mais se fortalecia e confundia os judeus que moravam em Damasco, demonstrando que Jesus é o Cristo.

23Decorridos muitos dias, os judeus deliberaram entre si tirar-lhe a vida; 24porém o plano deles chegou ao conhecimento de Saulo. Dia e noite guardavam também as portas, para o matarem. 25Mas os seus discípulos tomaram-no de noite e, colocando-o num cesto, desceram-no pela muralha.

Gálatas 1:17nem subi a Jerusalém para os que já eram apóstolos antes de mim, mas parti para as regiões da Arábia e voltei, outra vez, para Damasco.

Quando ele recupera as suas forças, começa a pregar em Damasco. Ali ele já encontra uma resistência e precisa se retirar. Ele vai para a Arábia, (deserto) repetir o caminho de Jesus no Deserto.

GÁLATAS 1:18Decorridos três anos, então, subi a Jerusalém para avistar-me com Cefas e permaneci com ele quinze dias; 19e não vi outro dos apóstolos, senão Tiago, o irmão do Senhor.

ATOS 9:26 26Tendo chegado a Jerusalém, procurou juntar-se com os discípulos; todos, porém, o temiam, não acreditando que ele fosse discípulo. 27Mas Barnabé, tomando-o consigo, levou-o aos apóstolos; e contou-lhes como ele vira o Senhor no caminho, e que este lhe falara, e como em Damasco pregara ousadamente em nome de Jesus. 28Estava com eles em Jerusalém, entrando e saindo, pregando ousadamente em nome do Senhor.


Após o deserto Paulo vai para Jerusalém para aprender e falar com os Apóstolos que caminharam com Jesus. Os Apóstolos demoram para aceitar e confiar nele, afinal, ele perseguia e matava os discípulos do caminho. Paulo é defendido por Barnabé que o adota. Barnabé terá uma papel fundamental na formação de Paulo como um Apóstolo.


Paulo sai de Jerusalém com Barnabé para Antioquia para aprender. Com Barnabé Paulo vivencia experiências impressionantes com Deus. Destaco as principais delas.


Paulo e Barnabé pregam em Jerusalém e Tarso (Atos 9: 26-30);

Paulo e Barnabé levam suprimentos para a Judeia em Antioquia (Atos 11: 27-30)

A primeira viagem missionária com Paulo, Barnabé e Marcos (Atos 12: 25 - Atos 13: 1-3)

Pregam para o pró-consul Sérgio Paulo e enfrentam a resistência (Atos13:4-3)

Paulo dá testemunho em Antioquia e são convidados a retornar a sinagoga (Atos 13: 16-52)

Paulo e Barnabé pregam em Listra e Icônio. Paulo é apedrejado. (Atps 14:1-28)

A segunda viagem missionária e a separação de Paulo e Barnabé (Atos 15: 36)

Após ser ensinado, Paulo segue sua viagem com Silas. Esta separação de Paulo com Barnabé pode ter sido motivada por uma divergência de opinião quanto ao primo de Barnabé chamado João (Marcos) mas havia um propósito maior de Jesus. Com Silas, Paulo parte para viajar e pregar o evangelho, e com Marcos, Barnabé vai para uma nova jornada.


UM MERGULHO PROFUNDO NO NOVO DE DEUS


Após todo este processo Paulo não vai para Jerusalém onde os apóstolos e a igreja estava. Ele foi para a região das Arábias, e lá permaneceu por três anos.


Gálatas 1:11-12

11Faço-vos, porém, saber, irmãos, que o evangelho por mim anunciado não é segundo o homem, 12porque eu não o recebi, nem o aprendi de homem algum, mas mediante revelação de Jesus Cristo.

O que ele estava fazendo lá? Paulo teve que passar pelo mesmo processo que nós passamos. Viver experiências e aprender mais de Jesus Cristo. Esta busca trouxe para ele REVELAÇÕES.

DEUS O REVELA QUE JESUS ERA DE FATO O MESSIAS PROMETIDO.


Gálatas 1:15-17

15Quando, porém, ao que me separou antes de eu nascer e me chamou pela sua graça, aprouve 16revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, sem detença, não consultei carne e sangue, 17nem subi a Jerusalém para os que já eram apóstolos antes de mim, mas parti para as regiões da Arábia e voltei, outra vez, para Damasco.

Quando ele volta destes três anos na Arábia ele está convencido pela revelação de Deus que Jesus é de fato o Messias, o prometido e filho de Deus. Notamos claramente a diferença desta revelação na própria pregação de Paulo. Há um intervalo muito importante entre Atos 9:20, 21 e atos 9:22

Atos 9: 20E logo pregava, nas sinagogas, a Jesus, afirmando que este é o Filho de Deus. 21Ora, todos os que o ouviam estavam atônitos e diziam: Não é este o que exterminava em Jerusalém os que invocavam o nome de Jesus e para aqui veio precisamente com o fim de os levar amarrados aos principais sacerdotes? 22Saulo, porém, mais e mais se fortalecia e confundia os judeus que moravam em Damasco, demonstrando que Jesus é o Cristo.

23Decorridos muitos dias, os judeus deliberaram entre si tirar-lhe a vida; 24porém o plano deles chegou ao conhecimento de Saulo. Dia e noite guardavam também as portas, para o matarem. 25Mas os seus discípulos tomaram-no de noite e, colocando-o num cesto, desceram-no pela muralha.


Nos vs 20 e 21 ele prega dizendo que Jesus era o Filho de Deus. Até aqui tudo bem, é possível que os religiosos aceitassem com facilidade, afinal todos nós somos criaturas e filhos de Deus. Mas no 22 ele afirma que Jesus é o CRISTO. Ele passa a DEMONSTRAR. Isso que é mais do que afirmar, demonstrar é provar.


Todos os apóstolos precisaram passar por este convencimento. Aliás, nós também recebemos esta revelação de que JESUS é o messias, o prometido, o filho de Deus enviado em favor de muitos. Lembra de Pedro em Cesaréia de Filipo?


Mateus 16:13

13Indo Jesus para a região de Cesareia de Filipe, perguntou a seus discípulos:

— Quem os outros dizem que é o Filho do Homem?

14E eles responderam:

— Uns dizem que é João Batista; outros dizem que é Elias; e outros dizem que é Jeremias ou um dos profetas.

15Ao que Jesus perguntou:

— E vocês, quem dizem que eu sou?

16Respondendo, Simão Pedro disse:

— O senhor é o Cristo, o Filho do Deus vivo.

17Então Jesus lhe afirmou:

— Bem-aventurado é você, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que revelaram isso a você, mas meu Pai, que está nos céus.


Não é carne ou sangue que nos revela, é o espírito.

Eu não vou passar aqui novamente a história da conversão. Mas apenas recapitulando. Paulo esteve num limbo. Imagine que a sua vida inteira você acreditou em algo, serviu a algo, pregou algo e num determinado momento Deus te mostra que o que vc fez a vida inteira não era a vontade DELE. Muitas pessoas param por aqui e desistem. Paulo foi adiante. Ele tinha esta sede insaciável de conhecer mais de Deus.


O quão profundo você está disposto a ir? Uma vez minha esposa estava me contando uma experiência que ela teve com Deus. Ela perguntou em oração para Deus qual era o limite? Até onde nós podemos chegar? O que Ele tem para nos mostrar? E Deus revelou a ela. Até onde você quiser ir, não há limites!


Para desvendar estes mistérios para receber esta revelação você vai precisar superar barreiras. Em alguns momentos será necessário resistir, enfrentar tribulações, dores, perdas. Porém tenha convicção! Você não está buscando coisas humanas, você está buscando a vontade de Deus e Ele vai te conduzir, te direcionar e passar com você por todos estes momentos. A revelação de que Jesus era o Cristo quase custou a vida de Paulo. Desejaram matar ele (Atos 9:27). Neste caminho de aprendizado você terá que superar algumas coisas.


VENCER A REJEIÇÃO


A rejeição é natural em todo processo de mudança. Imagine que as pessoas te conheceram de uma maneira. Te viram agindo, falando de um modo e de repente você conhece Jesus e tudo muda? Mudou dentro de você. Você sabe o que aconteceu. Você sabe como estava se sentindo e como Jesus preencheu aquele vazio que faltava. Mas o mundo não compreende estes "eventos interiores" e para eles parece loucura.


1 Coríntios 1: 18Certamente a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, ela é poder de Deus.

Compreenda as pessoas. Não é fácil para elas te enxergar diferente. Por isso você tem que ter paciência para passar por este momento. Acredite, não importa o que você fale, elas vão duvidar e te testar o tempo todo para saber se a transformação é verdadeira ou falsa. Por isso tenho algumas dicas para te dar.

Atitudes são mais importantes do que palavras

Quantas vezes você falou que ia mudar e não mudou? Quantas vezes você prometeu e não cumpriu? O homem está perdendo o valor de suas "palavras". Por isso é tão difícil acreditar. Quando começamos a caminhar com Jesus queremos logo convencer todo mundo e trazer todos logo para a igreja. Isso é importante, tem que acontecer, mas há um momento para isso. O que vai determinar este momento é a tua transformação! Mais do que ouvir você falar as pessoas precisam ver em você uma transformação real. "Uma atitude vale mais do que mil palavras".

Isso é tão sério que depois de Damasco Paulo vai para Jerusalém e ele não foi bem recebido pelos discípulos. As pessoas desconfiavam dele. Não a toa. Todos ouviam falar de Saulo, ele perseguia os cristãos. Quem poderia garantir que ele não estava se infiltrando para matar todo mundo? BARBABÉ! ele testemunha a favor de Paulo porque havia tomado conhecimento do seu testemunho.


Não importa o que você fale a seu respeito, nada vai convencer mais as pessoas do que o que outras pessoas falam a seu respeito ou a experiência que elas mesmas terão quando estiver com você. Por isso eu sempre falo. Foca na tua transformação. Foca em desenvolver os teus dons, foca em ser cheio do Espírito Santo. Quanto mais cheio você estiver, mais transformado você será e mais as pessoas ouvirão falar a seu respeito. Em pouco tempo todas estarão ao seu lado servindo Jesus.


As pessoas esquecerão o que você disse, as pessoas esquecerão o que você fez. Mas elas nunca esquecerão como você as fez sentir.

Carl W. Buehner

O testemunho convencerá


Você já ouviu alguém falar algo que te emocionou? Aquilo tinha tanto sentimento, tinha tanta emoção, tanta experiência que quando você ouve e chora. Isso é o testemunho! É algo contato com tanta propriedade, com tanto sentimento que convence. A grande guinada no ministério de Paulo acontece depois do período que ele passa na Arábia sendo tratado por Deus. Logo na primeira viagem missionária, com Barnabé em Antioquia eles testemunham na sinagoga e todos ficam impressionados, emocionados ao ponto de pedirem para eles retornarem no sábado seguinte para ensinar na sinagoga.

Atos 13:42 Quando Paulo e Barnabé estavam saindo, as pessoas pediram que, no sábado seguinte, lhes falassem estas mesmas palavras. 43Terminada a reunião na sinagoga, muitos dos judeus e dos prosélitos piedosos seguiram Paulo e Barnabé, e estes, falando com eles, os persuadiam a continuar firmes na graça de Deus.


Viva uma grande transformação e testemunhe o que Deus está fazendo na sua vida.


Bibliografia:

Hernandes, Apóstolo Estevam. Bíblia Apóstólica. São Paulo, SP: SBB, 2014.

Escola de Profetas. Origem e Conversão de Paulo - O Apóstolo dos Gentios.

Lopes, Hernandes Dias. Paulo, o maior líder do cristianismo. São Paulo, SP: Hagnos, 2009.

147 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo